Purpurinas e Glitters biodegradáveis para pular o Carnaval

Carnaval rolando e muitos de vocês já devem ter ouvido falar que o glitter faz mal pro meio ambiente, poluindo oceanos, fazendo mal pros peixes e coisa do tipo… e que uma solução que as pessoas tinham encontrado era utilizar o glitter de confeiteiro!

Pois bem, empolgada com meus estudos de Biologia, minha mãe ficou mais atenta às notícias do jornal e me contou que já existe um glitter que não agride o meio ambiente!!!

Existe um glitter biodegradável chamado EnviroGlitter disponível em várias cores e feito de minerais. Além disso ele é vegano e Cruelty Free (ou seja, não é testado em animais). Ele é vendido nessa página:

https://nurturesoap.com/collections/enviroglitter

Ele custa U$ 1.80 e está disponível em 18 cores!

Existe ainda marcas brasileiras de purpurinas biodegradáveis e orgânicas como as Giltra Bio que fabrica purpurina biodegradável á base de plantas, sem microplásticos e entrega pra todo o Brasil e é vendida na Aldeia 445 em São Paulo – Rua Lisboa, 445 em Pinheiros.

Giltra

Tem também a Brilhow que comercializa Glitter biodegradável artesanal. Tudo é feito por duas biólogas marinhas do Rio de Janeiro e dá pra encomendar pelo brilhow.vendas@gmail.com

 

brilhow

Tem também a Lá do Mato que produz Glitters com matérias-primas naturais como urucum, beterraba, carvão vegetal e clorofila.

La_Do_Mato

E tem a Zim Color que tem por exemplo o Pó de Estrela, um Glitter feito com mica, um mineral encontrado na natureza que não agride o meio ambiente, a pele nem os animais (e se eu estudei bem a matéria do site Química em Ação, a Mica vem do Granito, é um de seus componentes).

pocc81-de-estrela.jpg

Temos o Pura BioGlitter feito todo com algas e minerais.

GlitterEcologico

E pra fechar com chave de ouro esse post, a marca gringa Eco Stardust disponível no site da ASOS.

BiodegradableGlitter
Agora com tantas opções pra não poluir o meio ambiente, não tem como você não fazer sua parte!

 

Fonte: http://onthelist.com.br/noticias/2018/02/brilho-do-bem-vem-ver-onde-achar-purpurinas-e-glitters-que-nao-agridem-o-meio-ambiente